A farsa eleitoral na Nicarágua terminou nesta segunda-feira (08/11) após o ditador sandinista Daniel Ortega declarar vitória em uma eleição marcada pela prisão de todos os outros candidatos viáveis, incluindo sete candidatos presidenciais, além de jornalistas, advogados de defesa, líderes estudantis e camponeses.

Segundo boletim divulgado pelo Conselho Supremo Eleitoral, agência governamental encarregada de supervisionar as eleições, o ditador Daniel Ortega foi reeleito para um quinto mandato de cinco anos, após obter 74.99% dos votos nas eleições gerais do país.

Com uma suposta participação oficial de 65% dos eleitores, estes números contrastaram com a baixa participação detectada nas seções eleitorais no dia das eleições. O Observatório Cidadão de Urnas Abertas estima uma média de abstenções de 81.5% em nível nacional. Com a campanha #YoNoVotoMiVoto, a oposição convocou um boicote eleitoral para expor a farsa.

A Frente Sandinista de Libertação Nacional, o partido comunista de Daniel Ortega, está no poder na Nicarágua há cerca de quarenta anos, após ter dado o golpe que derrubou o antigo governante, Anastasio Somoza Debayle, em 1979.

Daniel Ortega havia se afastado do poder oficialmente depois de perder uma eleição livre em 1990, mas voltou à presidência em 2007, quando desde então não houve mais eleições livres e justas naquele país centro-americano. Fonte: Breitbart | BlesMundo | El Pais.


Não Deixe o Crítica Nacional Acabar:

Crítica Nacional precisa e muito do apoio de seus leitores para continuar. Dependemos unicamente do financiamento do nosso público, por meio de doações e assinaturas de apoio, para tocar adiante nosso projeto.

Crítica Nacional é hoje um dos poucos veículos da chamada imprensa independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade dos fatos e a defesa de valores conservadores. Dentre os demais, muitos renderam-se ao chapa-branquismo desbravado, lançando mão até mesmo da divulgação de conteúdos falsos ou enganosos para esse intento. Esse tipo de conduta você jamais irá ver no Crítica Nacional.

Estamos nesse momento apelando encarecidamente ao nosso público para que contribua conosco. Você poderá fazer esta contribuição acessando este link aqui, onde terá a opção de fazer uma assinatura de apoio a um valor mensal irrisório e bastante acessível, e poderá também fazer uma doação no valor que desejar.

Muito obrigado.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE