O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, revogou nesta segunda-feira (08/11) a prisão do deputado federal Daniel Silveira. O deputado estava preso desde o início do ano após publicação de vídeo com críticas aos ministros da suprema corte. Sua prisão ocorreu com a anuência da maioria da Câmara dos Deputados, incluindo parlamentares da base governista.

Após um breve período em regime domiciliar, o deputado foi novamente preso em junho deste ano por ordem do magistrado, a pedido da Procuradoria-Geral da República, por supostamente ter descumprido regras relativas ao uso da tornozeleira eletrônica.

Em sua decisão, o ministro Alexandre de Moraes proíbe o deputado de manter contato com outros investigados no inquérito das fake news no inquérito dos chamados atos antidemocráticos. Daniel Silveira fica também proibido de usar as redes sociais.


Não Deixe o Crítica Nacional Acabar:

Crítica Nacional precisa e muito do apoio de seus leitores para continuar. Dependemos unicamente do financiamento do nosso público, por meio de doações e assinaturas de apoio, para tocar adiante nosso projeto.

Crítica Nacional é hoje um dos poucos veículos da chamada imprensa independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade dos fatos e a defesa de valores conservadores. Dentre os demais, muitos renderam-se ao chapa-branquismo desbravado, lançando mão até mesmo da divulgação de conteúdos falsos ou enganosos para esse intento. Esse tipo de conduta você jamais irá ver no Crítica Nacional.

Estamos nesse momento apelando encarecidamente ao nosso público para que contribua conosco. Você poderá fazer esta contribuição acessando este link aqui, onde terá a opção de fazer uma assinatura de apoio a um valor mensal irrisório e bastante acessível, e poderá também fazer uma doação no valor que desejar.

Muito obrigado.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE