O Governo de Israel começou oficialmente nesta terça-feira (23/11) a vacinar crianças a partir de cinco anos de idade contra a Covid-19 e tornou-se assim um dos poucos países do mundo a aplicar as vacinas contra o coronavírus nesta faixa etária da população.

À medida que as infecções aumentam novamente na Europa, apesar da elevada taxa de vacinação na maioria do países do velho continente, o primeiro-ministro Naftali Bennett apontou para o risco de uma suposta “onda infantil”, afirmando por meio de suas redes sociais que cerca de metade dos casos recentemente confirmados ocorreram entre menores de 11 anos.

Israel já havia começado a vacinar adolescentes a partir dos onze anos de idade este ano, mas o governo decidiu reduzir a idade mínima de vacinação para cinco anos, seguindo recomendações da Pfizer, que praticamente detém o monopólio das vacinas contra o coronavírus em Israel.

Em outubro deste ano, o governo israelense tornou a vacinação obrigatória para se ter acesso a espaços públicos, incluindo restaurantes. Além de Israel, poucos outros países do mundo estão vacinando crianças menores de doze anos. Entre estes países estão os Emirados Árabes Unidos e a China. Fonte:  Times Of Israel | The Jerusalem Post | The National News.


Não Deixe o Crítica Nacional Acabar!

Crítica Nacional precisa e muito do apoio de seus leitores para continuar. Dependemos unicamente do financiamento do nosso público leitor, por meio de doações e assinaturas de apoio, para tocar adiante nosso projeto.

Crítica Nacional é hoje um dos poucos veículos da chamada imprensa independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade dos fatos e a defesa de valores conservadores. Dentre os demais, muitos renderam-se ao chapa-branquismo desbravado, lançando mão até mesmo da divulgação de conteúdos falsos ou enganosos para esse intento. Esse tipo de conduta você jamais irá ver no Crítica Nacional.

Estamos nesse momento apelando encarecidamente ao nosso público para que contribua conosco. Você poderá fazer esta contribuição acessando este link aqui, onde terá a opção de fazer uma assinatura de apoio a um valor mensal irrisório e bastante acessível, e poderá também fazer uma doação no valor que desejar.

Muito obrigado.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE