A Agência Europeia do Medicamento aprovou (EMA) nesta quinta-feira (25/11) o uso da vacina da Pfizer contra o coronavírus em crianças a partir dos 5 anos de idade. Trata-se da primeira vez em que o órgão regulador europeu autoriza o uso de uma vacina contra Covid-19 nesta faixa etária da população.

Em sua justificativa para a decisão, a agência reproduz o entendimento da própria Farmacêutica Pfizer de que os supostos benefícios da vacinação de crianças superam os riscos associados. A decisão da agência será agora enviada como recomendação à Comissão Europeia, que é o órgão de governo de fato da União Europeia, formado por burocratas não eleitos.

Com a decisão, os países da União Europeia juntam-se aos Estados Unidos, Canadá, Israel, China e Arábia Saudita, países que também estão vacinando crianças contra a Covid-19, a despeito da baixíssima letalidade do coronavírus nesta faixa etária. Fonte: Daily Mail | Israel Noticias | European Medicines Agency.


Não Deixe o Crítica Nacional Acabar!

Crítica Nacional precisa e muito do apoio de seus leitores para continuar. Dependemos unicamente do financiamento do nosso público leitor, por meio de doações e assinaturas de apoio, para tocar adiante nosso projeto.

Crítica Nacional é hoje um dos poucos veículos da chamada imprensa independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade dos fatos e a defesa de valores conservadores. Dentre os demais, muitos renderam-se ao chapa-branquismo desbravado, lançando mão até mesmo da divulgação de conteúdos falsos ou enganosos para esse intento. Esse tipo de conduta você jamais irá ver no Crítica Nacional.

Estamos nesse momento apelando encarecidamente ao nosso público para que contribua conosco. Você poderá fazer esta contribuição acessando este link aqui, onde terá a opção de fazer uma assinatura de apoio a um valor mensal irrisório e bastante acessível, e poderá também fazer uma doação no valor que desejar.

Muito obrigado.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE