por paulo eneas
O blog O Antagonista, porta-voz oficioso da pré-campanha do candidato presidencial da terceira via, Sérgio Moro, que para todos os efeitos é um tucano filiado ao Podemos, usou de uma técnica sutil para publicar uma mentira a respeito de uma pesquisa eleitoral para o Governo do Estado de São Paulo realizada pelo Jornal Valor, pertencente ao Grupo Globo. Em nota publicada na manhã desta sexta-feira (03/12), o blog afirma:

Uma pesquisa encomendada pelo Valor mostra o bolsonarista Tarcísio de Freitas (foto) com 8% dos votos na disputa pelo governo de São Paulo. Geraldo Alckmin aparece em primeiro lugar, com 23%, seguido por Fernando Haddad, com 19%, e Guilherme Boulos, com 11%. O candidato de João Doria, Rodrigo Garcia, tem 3%. Abraham Weintraub, zero. O bolsonarismo já o cancelou. (grifo nosso).

A conclusão óbvia que o leitor chega ao ler a nota é que o nome de Abraham Weintraub estava entre os consultados na pesquisa e recebeu zero votos. Vejamos agora o que diz a matéria do Jornal Valor, publicada na quinta-feira (02/12) ao divulgar a pesquisa:

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, alcançou 8% de intenção de voto para o governo de São Paulo, mostra pesquisa Ipespe exclusiva para o Valor. As eleições são em outubro do próximo ano. Lideram a disputa o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), com 23%, e o ex-ministro Fernando Haddad (PT), com 19%. Em seguida, aparece Guilhermes (sic) Boulos (Psol), com 11%, e Tarcísio.

Note-se que matéria do Jornal Valor, que encomendou a pesquisa, não menciona o nome do ex-ministro Abraham Weintraub, nem diz que seu nome foi submetido à apreciação do eleitor consultado na sondagem. Ou seja, o blog porta-voz informal de Sérgio Moro publicou uma mentira valendo-se da adulteração de uma informação divulgada originalmente por outro jornal.


Não Deixe o Crítica Nacional Acabar!

Crítica Nacional precisa e muito do apoio de seus leitores para continuar. Dependemos unicamente do financiamento do nosso público leitor, por meio de doações e assinaturas de apoio, para tocar adiante nosso projeto.

Crítica Nacional é hoje um dos poucos veículos da chamada imprensa independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade dos fatos e a defesa de valores conservadores. Dentre os demais, muitos renderam-se ao chapa-branquismo desbravado, lançando mão até mesmo da divulgação de conteúdos falsos ou enganosos para esse intento. Esse tipo de conduta você jamais irá ver no Crítica Nacional.

Estamos nesse momento apelando encarecidamente ao nosso público para que contribua conosco. Você poderá fazer esta contribuição acessando este link aqui, onde terá a opção de fazer uma assinatura de apoio a um valor mensal irrisório e bastante acessível, e poderá também fazer uma doação no valor que desejar.

Muito obrigado.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE