O estado norte-americano da Flórida exibe atualmente os menores índices de casos diários de coronavírus per capita nos Estados Unidos, apesar do governador republicano Ron DeSantis ser alvo constante de grande imprensa americana  daquele país por não ter adotados medidas restritivas e autoritárias durante a pandemia do vírus.

A atualização mais recente publicado nesta na sexta-feira (26/11) pelo New York Times  mostra que a Flórida registrou uma média diária de 1.393 casos de vírus chinês, ou seja, cerca de 6.7 casos por cada 100.000 pessoas. Isso representa uma redução de 5% nas últimas duas semanas, de acordo com os dados do estado.

O índice per capta de casos em todo os Estados Unidos é quatro vezes maior do que na Flórida: são 28.4 por cada 100.000 habitantes. Ao mesmo tempo em que a Flórida registrou o menor número de novos casos per capita no país, os casos positivos estão aumentando em muitos estados onde os governadores emitiram ordens estritas de bloqueio.

Por exemplo, o Estado do Michigan adotou algumas das medidas mais restritivas em todo o país por ordem da governadora democrata Gretchen Whitmer. No entanto, o estado apresenta uma taxa de 89.4 casos por grupo de cem mil habitantes. O Estado de Minnesota, que também adotou medidas rígidas, exibe uma taxa de 64.2 por cem mil habitantes. Fonte: Epoch Times | Just The News | Breitbart | New York Times.


Não Deixe o Crítica Nacional Acabar!

Crítica Nacional precisa e muito do apoio de seus leitores para continuar. Dependemos unicamente do financiamento do nosso público leitor, por meio de doações e assinaturas de apoio, para tocar adiante nosso projeto.

Crítica Nacional é hoje um dos poucos veículos da chamada imprensa independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade dos fatos e a defesa de valores conservadores. Dentre os demais, muitos renderam-se ao chapa-branquismo desbravado, lançando mão até mesmo da divulgação de conteúdos falsos ou enganosos para esse intento. Esse tipo de conduta você jamais irá ver no Crítica Nacional.

Estamos nesse momento apelando encarecidamente ao nosso público para que contribua conosco. Você poderá fazer esta contribuição acessando este link aqui, onde terá a opção de fazer uma assinatura de apoio a um valor mensal irrisório e bastante acessível, e poderá também fazer uma doação no valor que desejar.

Muito obrigado.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE