por angelica ca e paulo eneas
O Governo do Estado de Queensland, na Austrália, anunciou esta semana que irá negar a realização de transplantes de órgãos a pacientes não vacinados. A medida poderá colocar em risco a vida de inúmeras pessoas daquele estado australiano, caso necessitem de um transplante para salvar suas vidas.

O Queensland Health, a agência oficial de saúde do governo estadual, divulgou esta semana uma resolução informando que os pacientes receptores de órgãos transplantados devem atender à exigência de terem recebido ao menos duas doses da vacina contra o coronavírus antes do procedimento cirúrgico de transplante de rim, pulmão ou coração.

Os pacientes que optarem por não receber a vacina contra o coronavírus serão obrigados a esperar até que a exigência seja removida para para que possam realizar seus respectivos procedimentos cirúrgicos. A medida exigindo a vacinação para a realização de transplantes somente será revisada em fevereiro do ano que vem.

Segundo dados oficiais do governo local, um total de 2.108 pessoas em Queensland tiveram teste positivo para o coronavírus e se recuperaram, de acordo com o departamento de saúde. Desde o início da pandemia, um total de sete pessoas morreram de Covid-19 naquele estado australiano. Fonte: Life News | News Week7News.


Não Deixe o Crítica Nacional Acabar!

Crítica Nacional precisa e muito do apoio de seus leitores para continuar. Dependemos unicamente do financiamento do nosso público leitor, por meio de doações e assinaturas de apoio, para tocar adiante nosso projeto.

Crítica Nacional é hoje um dos poucos veículos da chamada imprensa independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade dos fatos e a defesa de valores conservadores. Dentre os demais, muitos renderam-se ao chapa-branquismo desbravado, lançando mão até mesmo da divulgação de conteúdos falsos ou enganosos para esse intento. Esse tipo de conduta você jamais irá ver no Crítica Nacional.

Estamos nesse momento apelando encarecidamente ao nosso público para que contribua conosco. Você poderá fazer esta contribuição acessando este link aqui, onde terá a opção de fazer uma assinatura de apoio a um valor mensal irrisório e bastante acessível, e poderá também fazer uma doação no valor que desejar.

Muito obrigado.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE