por angelica ca e paulo eneas
O Ministério Público Federal do Estado da Paraíba vai ouvir nesta semana o depoimento da técnica de enfermagem acusada de aplicar em crianças doses vencidas de vacina contra a Covid-19 destinadas a adulto. O caso suspeito ocorreu em um posto de saúde da zona rural do município de Lucena, região metropolitana de João Pessoa, Estado da Paraíba.

As aplicações das vacinas vencidas destinadas a adultos em crianças foram feitas em dezembro e janeiro. O Ministério da Saúde somente anunciou oficialmente o início da vacinação de crianças contra a Covid-19 no dia 5 de janeiro, de modo as aplicações feitas em dezembro foram feitas por conta própria daquele posto de saúde.

O Ministério Público Federal irá investigar se a ação foi feita de maneira deliberada ou se houve um erro. Também irão prestar depoimentos as autoridades de saúde municipais e estaduais, bem como as famílias responsáveis pelas crianças vacinadas incorretamente.

De acordo com o Secretário de Saúde do Governo da Paraíba, Geraldo Medeiros, foram identificadas ao menos 60 crianças nas quais a técnica de enfermagem aplicou as vacinas adultas. Estas crianças estão sendo monitoradas pela Secretaria de Saúde do Estado e, segundo informou a pasta, somente sintomas considerados habituais foram registrados, como febre baixa e dor no local da injeção.

A Prefeitura do Município de Lucena informou em nota que a responsável pela aplicação destas injeções foi afastada e teria aplicado as doses “indevidamente e sem autorização”. “Esclarecemos que a decisão foi tomada individualmente pela pessoa que fez a aplicação, sendo uma falha pontual e que não partiu de determinação da administração municipal, de forma que, assim que tomamos conhecimento, afastamos a responsável”, afirmou a prefeitura em nota. Fonte: Portal R7 | Diário do Poder.


Não Deixe o Crítica Nacional Acabar!

Crítica Nacional precisa e muito do apoio de seus leitores para continuar. Dependemos unicamente do financiamento do nosso público leitor, por meio de doações e assinaturas de apoio, para tocar adiante nosso projeto.

Crítica Nacional é hoje um dos poucos veículos da chamada imprensa independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade dos fatos e a defesa de valores conservadores. Dentre os demais, muitos renderam-se ao chapa-branquismo desbravado, lançando mão até mesmo da divulgação de conteúdos falsos ou enganosos para esse intento. Esse tipo de conduta você jamais irá ver no Crítica Nacional.

Estamos nesse momento apelando encarecidamente ao nosso público para que contribua conosco. Você poderá fazer esta contribuição acessando este link aqui, onde terá a opção de fazer uma assinatura de apoio a um valor mensal irrisório e bastante acessível, e poderá também fazer uma doação no valor que desejar.

Muito obrigado.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE