por paulo eneas
O Presidente Bolsonaro decidiu não comparecer para prestar depoimento à Polícia Federal na tarde desta sexta-feira (28/Jan) conforme havia sido determinado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. O depoimento estava marcado para às 14h desta sexta-feira na sede da Polícia Federal em Brasília.

Mais cedo, o presidente recorreu ao plenário da suprema corte por meio da Advocacia-Geral da União contra a ordem de Alexandre de Moraes, conforme mostramos na reportagem Presidente Bolsonaro Recorre ao Plenário do Supremo Tribunal Federal Contra Ordem de Depor Presencialmente na Polícia Federal.

Logo após a ordem de prestar depoimento presencial ter sido expedida, a ala dos apoiadores do presidente que é hostil aos conservadores publicou mensagens nas redes sociais afirmando que a estratégia correta do presidente seria comparecer ao depoimento.


Não Deixe o Crítica Nacional Acabar!

Crítica Nacional precisa e muito do apoio de seus leitores para continuar. Dependemos unicamente do financiamento do nosso público leitor, por meio de doações e assinaturas de apoio, para tocar adiante nosso projeto.

Crítica Nacional é hoje um dos poucos veículos da chamada imprensa independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade dos fatos e a defesa de valores conservadores. Dentre os demais, muitos renderam-se ao chapa-branquismo desbravado, lançando mão até mesmo da divulgação de conteúdos falsos ou enganosos para esse intento. Esse tipo de conduta você jamais irá ver no Crítica Nacional.

Estamos nesse momento apelando encarecidamente ao nosso público para que contribua conosco. Você poderá fazer esta contribuição por meio de nosso PIX: 02259742823 ou acessando este link aqui, onde terá a opção de fazer uma assinatura de apoio a um valor mensal irrisório e bastante acessível, e poderá também fazer uma doação no valor que desejar.

Muito obrigado.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE