por angelica ca e paulo eneas
O primeiro-ministro da província canadense de Alberta, Jason Kenney, anunciou nesta terça-feira (08/fev) o fim do sistema de passaporte de vacina contra a Covid-19 em sua província. O comprovante de vacina para entrar em bares, restaurantes e locais de entretenimento deixou de ser exigido à meia-noite desta terça-feira.

Jason Kenney havia anunciado um plano de três etapas para a volta à normalidade em Alberta. A primeira medida foi a extinção da exigência do passaporte sanitário para acesso a locais públicos. “Está claro que passamos do pico de nossas infecções atuais cerca de três semanas atrás e agora estamos vendo o resultado, pois as internações hospitalares relacionadas à covid estão diminuindo”, disse Jason Kenney em entrevista coletiva.

A data prevista para a segunda fase do plano do governo é 1º de março, quando a província planeja remover as restrições restantes, incluindo o uso de máscara, requisitos de trabalho em casa, limites de capacidade restantes, limites de reuniões sociais e triagem para jovens. O momento da terceira fase ainda não está definido.

“A ameaça da Covid-19 à saúde pública não supera mais o impacto extremamente prejudicial das restrições de saúde em nossa sociedade”, afirmou Jason Kenney, sugerindo que certas medidas restritivas adotadas em quase todo o mundo, como os famigerados passaportes vacinais, tivessem tido algum efeito na contenção da pandemia, o que é contrariado pela evidência dos fatos.

Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos encarecidamente ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 02259742823 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.

Os limites de capacidade dos espaços públicos com capacidade inferior a quinhentas pessoas, incluindo bibliotecas, também foram suspensos. A partir de 14 de fevereiro, a província não exigirá mais o uso de máscaras para crianças e adolescentes nas escolas e para moradores de Alberta com 12 anos ou menos em qualquer outro ambiente.

A província canadense de Alberta junta-se à Saskatchewan, que anunciou esta semana o levantamento de todas as restrições impostas durante a pandemia, incluindo o uso de máscaras e o comprovante de vacinação para refeições em ambientes fechados.

A suspensão das medidas restritivas nas províncias de Alberta e Saskatchewan, especialmente os passaportes sanitários, ocorre na mesma semana em que se intensificam as manifestações dos caminhoneiros canadenses em Ottawa.

Por sua vez, a província francófona de Québec anunciou que irá afrouxar algumas medidas restritivas específicas em toda a província até 14 de março, mas insistirá na exigência do uso de máscaras e no sistema segregacionista de passaporte vacinal. Fonte: CBC | Global News | The Gateway Pundit.

Leia também:
Premier da Província Canadense de Saskatchewan Anuncia Fim das Restrições e Afirma Que Vacinas Não Impedem Transmissão do Coronavírus

Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos encarecidamente ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 02259742823 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE