Militares estrangeiros estão ingressando como voluntários individuais em uma “Legião Estrangeira Ucraniana” para combater os invasores russos. A informação foi divulgada na madrugada desta quarta-feira (02/mar) pelo Canal PHVox, que informa especificamente da adesão voluntária de militares britânicos.

Além do apoio voluntário individual destes militares estrangeiros, os ucranianos também começam a receber ajuda material em armas e munições de alguns países europeus, que não intimidaram-se diante das ameaças do ditador Vladimir Putin.

Conforme dissemos no início da invasão russa há cerca de dez dias, a Ucrânia seria entregue a própria sorte e abandonado pelos governos europeus, que esperavam uma blitzkrieg bem-sucedida das tropas russas, que iriam dizimar as defesas ucranianas e depor seu governo em poucos dias.

No entanto, a resistência dos ucranianos aparentemente pegou de surpresa tanto os governantes europeus quanto o próprio ditador Putin, que chegou até mesmo ameaçar com uso de armamento nuclear.

Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos encarecidamente ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 02259742823 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE