por paulo eneas
O impostor ocupante da Casa Branca, Joe Biden, pode estar em vias de anunciar o fim das importações de petróleo da Rússia, segundo informa o correspondente do Canal PHVox na Europa, jornalista Ivan Kleber.

O possível anúncio viria após a visita esta semana de uma delegação norte-americana ao ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, que foi negociar a suspensão das sanções à ditadura narco-comunista venezuelana em troca do acesso ao petróleo daquele país.

A Venezuela é um dos maiores produtores de petróleo do mundo, e é membro da OPEP. O efeito bumerangue das sanções econômicas que estão sendo impostas pelo Ocidente à Rússia, oferecerá uma janela de oportunidade para a ditadura comunista de Nicolás Maduro conseguir, possivelmente, levantar as sanções que lhe foram impostas em troca de seu petróleo.

Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos encarecidamente ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 02259742823 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.

Não está claro ainda se o regime venezuelano aceitará a proposta americana, uma vez que a Venezuela mantém laços estreitos com Moscou, atuando como proxy russo desestabilizador da América Latina, principalmente no fomento a guerrilhas e ao crime organizado. É sabida ostensiva dos russos na Venezuela, principalmente no fornecimento de armamentos pesados de guerra.

Caso o acordo se confirme, até mesmo com a aquiescência de Vladimir Putin, o principal beneficiário será a ditadura de Nicolás Maduro, que irá se fortalecer-se com a entrada de milhões de dólares das exportações de petróleo.

Esta semana, o próprio ditador Nicolás Maduro fez seu primeiro movimento neste novo cenário, anunciando que iria telefonar ao Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, para ofertar a venda fertilizantes.

O que estamos assistindo nestas movimentações é habilidade do movimento revolucionário em usar até mesmo de “estratégias de tesoura multifacetadas” para ir impondo seus objetivos e seus projetos de poder em todo o Ocidente.

Leia também:
Ditador Nicolás Maduro Afirmou Que Irá Telefonar Para Presidente Bolsonaro Para Oferecer Fertilizantes

Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos encarecidamente ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 02259742823 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE