O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) ingressou com pedido no Supremo Tribunal Federal solicitando que a corte proíba a Polícia Federal de alterar a chefia do setor que investiga a suposta interferência do Presidente Bolsonaro na própria Polícia Federal.

O pedido do senador baseia-se unicamente em sua suposição de que a recente mudança de comando na Polícia Federal implicará em alterações no setores responsáveis pela investigação de pessoas com privilégio de foro, entre elas o Presidente da República.

O pleito de Randolfe Rodrigues poderá ferir a autonomia funcional e operacional da Polícia Federal, uma vez que possui as feições de uma efetiva interferência externa na instituição por meio de um pretendido expediente judicial. Fonte: Gazeta Brasil.

Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos encarecidamente ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 02259742823 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE