O Congresso Nacional do Peru aprovou a abertura de processo de impeachment do presidente esquerdista Pedro Castillo. A votação ocorreu nesta segunda-feira (14/mar) e o pedido de abertura de processo de impeachment foi aprovado por 76 votos a favor e 41 contra.

A votação para o afastamento do presidente peruano foi marcada para 28 de março. Pedro Castillo, esquerdista ligado à China e à Rússia, é acusado de crimes fiscais além de envolvimento de membros de seu governo com o grupo terrorista islâmico Hamas.

O presidente esquerdista poderá responder também por atentar contra a soberania nacional do Peru ao prometer oferecer uma saída ao mar à Bolívia, também governada pelo Foro de São Paulo, por meio da cessão de uma parte do território peruano.  Fonte: Paulo Henrique Araújo, Canal PHVox.

Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos encarecidamente ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 02259742823 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE