por paulo eneas
O Supremo Tribunal Federal formou maioria em sessão plenária virtual ainda em andamento nesta sexta-feira (01/abr) a favor das medidas mais recentes impostas pelo ministro Alexandre de Moraes contra o deputado federal Daniel Silveira.

Entre estas medidas estão a multa diária de quinze mil reais pela recusa inicial do parlamentar em usar a tornozeleira eletrônica, o bloqueio de seus recursos financeiros incluindo seu salário de deputado por parte do Banco Central para garantir o pagamento desta multa, e a instauração de novo inquérito por suposta desobediência a decisão judicial.

Até o momento seis ministros votaram na sessão plenária virtual, e todos manifestaram-se a favor das medidas adotadas: votaram Edson Fachin, Cármen Lúcia, Dias Toffoli, Rosa Weber e Gilmar Mendes, além do próprio ministro Alexandre de Moraes.

Leia também:
Desfecho Esperado: Daniel Silveira Cede Diante do Risco de Confisco de Bens e da Omissão de Arthur Lira

Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos encarecidamente ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 022.597.428-23 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE