por angelica ca e paulo eneas
O descondenado petista Lula afirmou em entrevista para a Rádio Band de Porto Alegre (RS) nesta terça-feira (31/05) que o ex-governador de São Paulo e candidato a vice-presidente em sua chapa, Geraldo Alckmin (PSB), teria se posicionado contra o impeachment da ex-presidente petista Dilma Rousseff (PT) em 2016. O petista afirmou:

“O Geraldo Alckmin não só era contra (o impeachment) como ele pediu um parecer de um advogado que deu um parecer contra o impeachment. O Alckmin é um homem de bem e um companheiro que vai me ajudar de forma extraordinária a consertar esse País”.

O Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos encarecidamente ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 022.597.428-23 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.

No entanto, conforme mostra levantamento feito pelo site Gazeta do Povo, o então governador paulista e tucano Geraldo Alckmin apoiou publicamente por diversas vezes o impeachment da ex-presidente petista Dilma Rousseff.

Geraldo Alckmin chegou a declarar que o processo [de impeachment] não se tratava de um golpe e que deveria ser analisado pela Câmara: “Eu tenho ouvido muito que o impeachment é golpe. O impeachment é previsto na Constituição brasileira, e a Constituição não é golpista”, afirmou o ex-governador paulista em dezembro de 2015.

Em 2016, Alckmin voltou a defender o impeachment declarando que o país sairia mais fortalecido após o processo:

“Precisamos virar a página, é preciso retomar a esperança, o emprego, o desenvolvimento, o investimento, é isso que interessa. O Brasil não pode adiar mais reformas estruturantes, medidas econômicas necessárias. Para tudo isso precisa ter ação e não inação”, disse Alckmin.

O Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos encarecidamente ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 022.597.428-23 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE