Três ativistas pró-aborto do movimento Rise Up 4 Abortion Rights interromperam um culto religioso no último domingo (05/06), na Igreja Lakewood Church, na cidade de Houston, Texas. As mulheres tiraram suas roupas e permaneceram apenas com as roupas íntimas, gritando “meu corpo, minha escolha!”

O pastor Joel Osteen, havia acabado de fazer uma oração e os fiéis começavam a ocupar  seus lugares, quando uma mulher rapidamente se levantou, tirou o vestido e gritou: “é meu corpo, minha maldita escolha”, como mostram vídeos publicados nas redes sociais.

O Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos com ênfase ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 022.597.428-23 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.

Uma segunda mulher levantou-se, tirou o vestido e gritou “Derrubar Roe? De jeito nenhum!”, em referência à decisão da justiça norte-americana dos anos setenta que na prática liberou o aborto nos Estados Unidos.

Após os atos de interrupção do culto religioso, as três mulheres foram escoltadas para fora da Igreja, para que o pastor Osteen pudesse continuar a celebração. Fonte: Guia Me | Fox News | CBN News.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE