por paulo eneas
O Presidente Bolsonaro afirmou em entrevista ao SBT News nesta terça-feira (07/06) que o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, teria descumprido acordo costurado entre o presidente o magistrado por intermédio do ex-presidente Michel Temer após as Manifestações de 7 de Setembro de 2021.

Segundo o presidente, o acordo teria por objetivo cessar a crise institucional entre a chefia do Executivo e a cúpula do Judiciário. Quando perguntado, o presidente não revelou qual seria a natureza e os termos deste acordo. Após as manifestações do 7 de Setembro, o Presidente da República divulgou uma Carta à Nação em tom conciliatório e desculpando-se com o magistrado.

Posteriormente, o ex-presidente Michel Temer revelou ter sido o autor da carta, que foi revisada pelo presidente antes de sua divulgação. Não houve contestação da parte do presidente à revelação feita por Michel Temer. O Crítica Nacional analisou as implicações políticas do fato no artigo O Suposto Acordo do Presidente Bolsonaro & A Atuação de Michel Temer: Implicações Muito Além do Sete de Setembro, publicado ainda naquele mês.

O Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos com ênfase ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 022.597.428-23 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.

Na entrevista concedida ao SBT, o presidente afirmou que Alexandre de Moraes teria desrespeitado “certas coisas” que teriam sido combinadas entre ambos para que a carta fosse assinada e divulgada:

“Estava (sic) eu, Michel Temer e um telefone celular na minha frente. Ligamos para o Alexandre de Moraes e conversamos por três vezes com ele. E combinamos certas coisas para assinar aquela carta. Ele não cumpriu nenhum dos itens que eu combinei com ele”.

O presidente prosseguiu na entrevista afirmando:

“Logicamente eu não gravei essa conversa, por questão de ética, jamais faria isso. Mas eu retiro [reitero] para você: o “seu” Alexandre de Moraes não cumpriu uma só das coisas que acertamos para assinar aquela carta”. O segmento da entrevista pode ser visto no vídeo abaixo.

O Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos com ênfase ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 022.597.428-23 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE