por paulo eneas
A vitória do Foro de São Paulo nas últimas eleições da Colômbia repete o padrão que temos observado em toda a América Latina em anos recentes: a direita conquista a presidência de determinado país, e em vez de enfrentar os inimigos e atacar a raiz dos problemas que assolam aquele país, tenta em vez disso conciliar com os inimigos, abrindo mão de pautas e compromissos.

Por meio de concessões sucessivas à esquerda, os governos de direita não conseguem entregar resultados, nem na economia nem na esfera mais ampla da guerra política, gerando insatisfação na população com problemas os crescentes. E desta forma prepara-se o caminho para a volta da esquerda ao poder.

Em todos os países da América Latina o roteiro observado em anos recentes foi exatamente o mesmo: uma direita frouxa e covarde e conciliadora exercendo a presidência acaba sempre sendo derrotada pela esquerda nas eleições seguintes.

E esta derrota é sempre atribuída a uma suposta culpa do eleitor por conta da abstenção, uma vez que esta pseudo-direita latino-americana é covarde o suficiente para não reconhecer seus próprios erros. O erro é sempre dos outros e o culpado em última instância é sempre o eleitor traído, que não “colabora” aceitando passivamente a traição e as promessas não cumpridas.

O Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 022.597.428-23 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.

Em artigo no Crítica Nacional de poucos dias atrás, mostramos que esta pseudo-direita covarde, refém do politicamente correto e geralmente de rabo preso com establishment por conta de esquemas de corrupção, é a principal responsável por suas derrotas. Derrotas que têm custado caro aos povos da América Latina.

Foi exatamente assim que aconteceu na Argentina, no Chile, na Bolívia, no Peru e agora na Colômbia: governos de direita ou de centro-direita fracassam em resolver os problemas dos países que governam, e muitas vezes aprofundam estes problemas, e desta forma abrem o caminho para a esquerda voltar ao poder.

O Brasil poderá ser o próximo palco onde este enredo maldito poderá se repetir. Esperamos que isto não aconteça, mas se ocorrer, não terá sido por falta de aviso.

Leia também:
A Desgraça Política da América Latina: Uma Pseudo-Direita Centrista Politicamente Correta

O Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 022.597.428-23 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE