O presidente Jair Bolsonaro afirmou no último domingo (26/06) que está trabalhando na possibilidade de o Brasil conceder asilo político à ex-presidente interina boliviana Jeanine Áñez, condenada na Bolívia a dez anos de prisão por suposta tentativa de golpe de Estado.

Segundo Bolsonaro, o assunto está sendo tratado com outros chefes de governo latino-americanos. O presidente brasileiro afirmou ainda que considera a prisão de Jeanine Áñez foi uma injustiça. O presidente também afirmou que conversou om Jeanine Áñez apenas uma vez e afirmou que fará o possível para que ela venha para o Brasil.

Ainda segundo o presidente, outros bolivianos condenados no mesmo processo de perseguição política que condenou Jeanine Áñez podem estar no Brasil. Neste caso, eles não serão deportados: “Eles não vão sair daqui”, afirmou Bolsonaro. Colaboração: Angelica Ca. Fonte: O Tempo | La Gaceta.

O Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 022.597.428-23 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE