Em entrevista a uma emissora de rádio da cidade de Piracicaba (SP) nesta quarta-feira (29/06), o descondenado petista Lula confessou ter sido informado com antecedência, quando ainda era presidente, de uma operação de busca da Polícia Federal na residência de seu irmão, Genival Inácio da Silva.

A operação de busca da Polícia Federal contra o irmão de Lula ocorreu no âmbito da Operação Xeque-Mate, que investigava a exploração ilegal de jogos de azar.

O irmão do então presidente Lula era suspeito de receber propinas de empresários do setor. Lula afirmou na entrevista ter sido avisado com doze horas de antecedência por conta de diferença de fuso horário em razão de viagem oficial ao exterior.

O Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 022.597.428-23 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE