O apresentador de televisão José Luiz Datena, esquerdista histórico e admirador confesso do petista Lula e do assassino Che Guevara, anunciou na tarde desta quinta-feira (30/06) sua desistência de concorrer ao Senado Federal por São Paulo. A anúncio foi feito pelo próprio apresentador na abertura de seu programa de televisão.

A desistência ocorreu poucas horas após o Presidente Bolsonaro ter afirmado a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada que ele havia fechado com o apresentador: “Eu estou com o Datena, fechei com o Datena lá [em São Paulo]”, afirmou o presidente mais cedo.

A desistência de José Luiz Datena confirma o que o Crítica Nacional vinha afirmando desde que seu nome fora lançado pelo presidente para disputar o Senado Federal: tratava-se apenas de um bode na sala para guardar lugar para o possível lançamento de Paulo Skaf ou mesmo de Tarcísio de Freitas para concorrer à vaga senatorial por São Paulo.

A decisão final sobre quem será de fato o candidato do bolsonarismo em São Paulo será tomada pelos caciques políticos do Centrão e pelo grupo político de Michel Temer, que são as forças políticas que comandarão a campanha de reeleição de Bolsonaro no Estado de São Paulo.

O Crítica Nacional é uma mídia independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade e a defesa de valores conservadores, e precisa do apoio de seus leitores para continuar. Apelamos ao nosso público para contribuir conosco pelo PIX: 022.597.428-23 ou através deste link para fazer assinatura de apoio.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE